04 setembro 2013

3 Motivos Para Estarmos Unidos Em Cristo

"Mas, se andarmos na luz, como Ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado" (1João 1:7).



     Eu não consigo compreender que tem irmãos que gostam de sofres sozinhos ficam indiferentes com outras pessoas e a comunhão que Cristo proporciona a todos nos fica distante na vida de muitos crentes que se dizem estar em Cristo Jesus. Se realmente estamos em Cristo brotara em nossos corações a necessidade de estarmos únicos com os outros irmãos. Analisaremos 3 pontos dando enfase na importância de estarmos unidos em Cristo e com os irmãos da nossa Igreja e com as outras pessoas que ainda não receberam Cristo como seu Senhor e Salvador, ou seja estão indiferentes com a vontade de Deus.


1- O Crente tem que desejar estar constantemente na presença de Deus.

     No Principio da Igreja Primitiva a gente pode ver um ardor de todos os irmãos para experimentarem a novidade do evangelho em suas vidas. Para os que estavam fora compreendiam que estava nascendo uma nova religião, seita ou um movimento diferente de todos os que existiam ate ali. Mas vemos um amor incondicional que aplacava todos os corações que eram alcançados pela palavra de Deus, homens e mulheres que se doavam não para esperar algo em troca dos outros irmãos mas porque o Reino de Deus estava em primeiro lugar em suas vidas. Somos da luz, a luz é Cristo em nosso viver e se Ele está verdadeiramente em nos e não estamos mais nas trevas cegos pelo pecado mas em nos arde a luz da vida. Cristo sempre sempre fez a vontade do Pai e nós devemos faze-la sambem porque nos andamos na luz.


2- A unidade traz crescimento.

     O Apostolo Pedro em sua segunda Carta nos adverte que devemos crescer na Graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo (2 Pedro 3:18). Só iremos crescer de verdade se esse conhecimento da nossa parte for de desejo inteiramente nosso, somos nos que devemos querer ter um relacionamento diário com Deus e automaticamente esse relacionamento irá se expandir para as pessoas que nos cercam.


3- A unidade traz crescimento coletivo e individual.

    Vemos tantos Apóstolos se aventurarem em atividades sendo em duplas ou a sós mas em ambos os casos estão fazendo a vontade de Deus. No capitulo 3 de Atos vemos uma "dupla dinâmica" operando sinais e maravilhas Pedro e João estavam ali dividindo suas experiências aconselhando-se mutuamente e fazendo a vontade de Deus juntos ali, estavam em dupla isso prova que Deus quer nos usar seja com duas ou mais pessoas mas Ele quer aqueles que desejam ser usados por Ele. Mais na frente vemos Felipe no deserto esperando o Etíope para ali anunciar o Salvador Jesus nas Escrituras que o viajante vinha lendo. Nos dois casos vemos um crescimento, porque as pessoas que foram impactadas por essas vidas foram tremendamente transformadas.

     Que nós possamos estar sempre unidos em Cristo Jesus e é nessa unidade que os nossos pecados serão purificados não importa se falhamos muito, se a nossa fé é pouca mas sejamos sinceros diante de Deus. Reconheça seus erros peça-lhe perdão e Ele o perdoará. "Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça" (1João 1:9).

SILVA, G.

06 agosto 2013

Não Julgue pela Aparência


video



Este vídeo vi a primeira vez faz alguns meses e achei muito interessante. Orando hoje e meditando sobre o que seria minha postagem acabei por assistir este vídeo e creio que o Senhor falou ao meu coração, para compartilhar ele com vocês por meio desta postagem. 
A lição que este vídeo passa é muito interessante e importante, trata sobre a tarefa que Jesus Cristo nos deixou aqui na terra "Ide por todo o mundo pregai o evangelho a toda criatura." (Marcos 16:15) e de que devemos amar ao próximo, nunca julgando qualquer que seja a pessoa. Convide pessoas para visitar sua Igreja, leia um versículo para elas, leve as boas novas a todos aqueles que ainda não conhecem a Deus. Sempre com Amor de Cristo Jamais julgado pois perante Ele somos todos iguais. 


Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça. João 7:24


Brenno, S.

23 julho 2013

A Perfeição da Sabedoria de Deus



Há muito tempo, num Reino distante, havia um Rei que não acreditava na bondade de Deus.Tinha, porém, um súdito que sempre lhe lembrava dessa verdade.Em todas as situações dizia:

- Meu Rei, não desanime, porque Tudo que Deus faz é Perfeito. Ele nunca erra!

Um dia, o Rei saiu para caçar juntamente com seu súdito, e uma fera da floresta atacou o Rei.O súdito conseguiu matar o animal, porém não evitou que sua Majestade perdesse o dedo mínimo da mão direita.O Rei, furioso pelo que havia acontecido, e sem mostrar agradecimento por ter sua vida salva pelos esforços de seu servo, perguntou a este:

- E agora, o que você me diz? Deus é bom? Se Deus fosse bom eu não teria sido atacado, e não teria perdido o meu dedo.

O servo respondeu:

- Meu Rei, apesar de todas essas coisas, somente posso dizer-lhe que Deus é bom, e que mesmo isso, perder um dedo, é para seu bem! Tudo que Deus faz é Perfeito. Ele Nunca erra!!!

O Rei, indignado com a resposta do súdito, mandou que fosse preso na cela mais escura e mais fétida do calabouço.Após algum tempo, o Rei saiu novamente para caçar e aconteceu dele ser atacado, desta vez por uma tribo de índios que vivia na selva.Estes índios eram temidos por todos, pois sabia-se que faziam sacrifícios humanos para seus "deuses".Mal prenderam o Rei, passaram a preparar, cheios de júbilo, o ritual do sacrifício. Quando já estava tudo pronto, e o Rei já estava diante do altar, o sacerdote indígena, ao examinar a vitima, observou furioso:

- Este homem não pode ser sacrificado, pois é defeituoso! Falta-lhe um dedo. E o Rei foi libertado.

Ao voltar para o palácio, muito alegre e aliviado, libertou seu súdito e pediu que viesse em sua presença.Ao ver o servo, abraçou-o afetuosamente dizendo-lhe:

- Meu Caro, Deus foi realmente bom comigo! Você já deve estar sabendo que escapei da morte justamente porque não tinha um dos dedos. Mas ainda tenho em meu coração uma grande dúvida: Se Deus é tão bom, por que permitiu que você fosse preso da maneira como foi? Logo você, que tanto o defendeu?

O servo sorriu e disse:

- Meu Rei, se eu estivesse junto contigo nessa caçada, certamente seria sacrificado em teu lugar, pois não me falta dedo algum.


Portanto, lembre-se sempre:

TUDO O QUE DEUS FAZ É PERFEITO. ELE NUNCA ERRA!


Postagem dedicada à irmã Mikaelle Rodrigues. Parabéns por conseguir realizar seu sonho de ingressar na Faculdade no curso de Pedagogia, depois de 5 anos. Glorias a Deus porque só Ele sabe o que é melhor pra nós e qual o tempo certo para cada coisa acontecer em nossas vidas!

Brenno, S.

20 julho 2013

Ser Amigo!




    Na imensidão do universo, seria impossível vivermos sozinhos. Deus ao criar o homem, os animais, percebeu que cada ser precisava de um parceiro, um companheiro, assim criou Eva para poder acompanhar Adão, e com isso nasceram as gerações, que se espalham por muitos e muitos anos em cada canto do mundo.

    Pessoas diferentes, com características tantas, com uma variedade de temperamentos, uma diversidade de necessidades, porém todas criadas com o mesmo amor, feitas para cumprir o mesmo mandamento: “amar ao próximo como a si mesmo”.

     Nessa trajetória, presenteados por Deus, um dia nos encontramos e passamos a perceber o companheirismo se cumprir em nossas vidas, ganhamos irmãos, AMIGOS! É, amigo, palavra tão simples, porém de sentido complexo; ser amigo vai além de apenas gostar, ser amigo é se doar por inteiro às necessidades do próximo, é saber ficar calado quando necessário, é saber chorar, é saber compartilhar, é saber repreender, é buscar a cada dia se encontrar num universo alheio, procurando algo para surpreender, buscando soluções para tentar colocar aquele sorriso de volta na carinha triste do outro, é algo que vai além de estar tudo bem entre você e o outro, é também se chatear pra poder aprender algo mais sobre o perdão, é servir de apoio, mesmo que isso doa, faça você sofrer bastante, mas é ser amigo, e tudo isso acontece por se amar!

     Enfim, palavras faltam para poder expressar a importância de um amigo, mas podemos nos contentar em viver isso, viver a amizade, dádiva de Cristo em nossas vidas, por isso interceda, chore, brinque, aconselhe, abrace, cheire, ame e também ame, e pra completar ame!

Feliz Dia do Amigo!
Abraço de Urso!

CUSTÓDIO, F.

26 janeiro 2012

A Vida é Como Uma Música

     Quando se compõe uma canção não se encaixa as notas aleatoriamente. Existe todo um processo. Nota por nota a melodia vai sendo descoberta. Uma música é um enigma que deve ser desvendado.
     A vida também o é. O som de cada nota é fundamental na composição da canção. Se sairmos da pauta, fatalmente, a música da sairá harmonia. Passo a passo o músico desvenda seu mistério e busca seu objetivo. Quando todas as notas se revelam e ritmo é escolhido ainda não é o fim, falta algo mais. "Um Maestro, Uma Letra, Uma Inspiração”. Um verdadeiro músico não se satisfaz com a música apenas. Depois que se encontra "Um Maestro, Uma Letra, Uma Inspiração”, tudo está pronto.
     O violão passa a fazer parte do violonista, o piano, do pianista. E cada instrumentista incorpora seu instrumento. O enigma é desvendado, a música é finalmente tocada. Na vida, cada instante é uma nota reproduzida, dia a dia construímos nossa música, ela é um mistério, pois não sabemos o que vamos encarar. Se quisermos viver devemos reproduzir nossas notas, bater de frente com os problemas, superar as dificuldades, tomar decisões, arcar com as consequências. É muito comum errarmos, somos falhos. Sofremos com os nossos pecados e até mesmo com o dos outros. Assim como é comum, em uma orquestra, o violinista desafinar em uma nota. Isso faz parte da vida, nos ensina a crescer. Cada passo que damos na vida é uma nota que acrescentamos na música.

     A vida vai se revelando e a música vai sendo composta. Aprendemos e desaprendemos. Afinamos e desafinamos. Mas só vemos sentido na vida quando nos damos conta de uma coisa: ela é uma música que necessita de maestro, letra e inspiração.

• Olhar para o Maestro é buscar a orientação da música

Deus é o Maestro
Ele trás razão e sentido à vida Ele sabe cada nota que devemos usar para extrairmos uma bela música da nossa existência Ele deve ditar o ritmo. Quando deixamos de olhar o Maestro desafinamos Deus nos afasta da derrota

• A Letra na pauta dá vida à música

Jesus é a Letra da canção.
Ele é a frase correta no momento certo Ele sempre faz todo sentido e dá sentido à nossa vida Quando suprimimos a Letra da música deixamo-la vazia Jesus nos faz cantar e viver Jesus nos tira do pecado

• A inspiração é o que dá realce ao concerto

O Espírito Santo é a Inspiração
Ele é a nossa companhia e o nosso consolo Amigo Fiel para todas as horas, Alegria do nosso viver Certeza de proteção. Quando temos a Inspiração nos tornamos mais do que naturais Espírito Santo nos trás consolo.

SELES, D.

17 janeiro 2012

Felicidade em Deus

"Não há nada de errado em desejar a felicidade. Deus nos criou para a experimetarmos em sua plenitude. O problema é nos contentarmos com uma felicidade mundana, carnal e passageira. Deus nos criou para o maior de todos os prazeres: conhecê-lo e amá-lo. O maior de todos os prazeres da vida é glorificar a Deus e gozá-lo para sempre. Esse é o maior propósito da existência humana. Esse é o fim principal do homem. Deus é o nosso maior deleite. Nele e só nele a felicidade pode tornar-se realidade."


22 dezembro 2011

Um gesto de desprendimento

Seis dias antes da Páscoa, Jesus foi para Betânia, onde moravam Lázaro, Marta e Maria. Uma ceia foi oferecida ao Mestre. Marta servia, e Maria, tomando um frasco de bálsamo de nardo puro – um caríssimo perfume – derramou-o todo sobre os pés de Jesus, e os enxugava com os seus cabelos. Que cena tremenda essa.

“Que desperdício!” disse Judas Iscariotes. “Por que não se vendeu esse perfume por 300 denários e não o deu aos pobres?” O apóstolo João explica essa indignação de Judas, e diz que este não estava preocupado com os pobres. Ele era o tesoureiro do grupo, e, ao ficar com a bolsa, tirava o que se lançava ali.

Entretanto o Senhor via o coração, as motivações interiores. Então Jesus lhes disse:
“Deixai-a! Ela praticou boa ação para comigo. Os pobres sempre os tereis convosco. À hora em que quiserdes podereis ajudá-los, mas a mim, nem sempre me tendes. E ela se antecipou, ungindo-me para a sepultura. Em verdade vos digo que onde for pregado esse evangelho será contado o que fez para memória sua.”

Foi tremendo o valor que Jesus deu àquele ato. Ele eternizou a cena e o nome de Maria. Hoje estamos falando a respeito dele. Aparentemente era um ato de desperdício. O perfume era caro e fora totalmente derramado.

Tudo o que fazemos de coração para o Senhor se torna eterno. Jesus é digno de todos os gestos de desprendimento do nosso coração, pois foi assim que ele agiu na cruz. Ele se deu por inteiro e quer receber o nosso coração por inteiro em seu altar.

26 novembro 2011

Exemplo de Jabez

I CRÔNICAS 4.1-11

Jabez invocou o Deus de Israel, dizendo: Oh! Tomara que me abençoes e me alargues as fronteiras, que seja comigo a tua mão e me preserves do mal, de modo que não me sobrevenha aflição! E Deus lhe concedeu o que lhe tinha pedido. (1Cr 4.10.)

Eis, Senhor, a minha oração:
Que eu seja um exemplo de bom cristão,
Que em meu viver eu tenha sempre comunhão
Contigo, com os céus ligado esteja,
Que em minha jornada aqui, feliz com Cristo eu seja.

     A descendência de Judá está registrada em 1 Crônicas. Os nomes são citados um a um, até mesmo com certa monotonia, até chegar ao nome de Jabez. Sua mãe lhe dera esse nome por causa da dor que sofrera em sua gravidez. Não podemos saber pelo texto se a dor era física ou emocional. Quem sabe um marido ausente, irresponsável ou perverso. Mas o certo é que ela deu ao filho o nome de Jabez, que quer dizer “dor”. Não era em absoluto um bonito nome. Ter de repeti-lo para todos os que lhe perguntassem – “Meu nome é dor…” – não devia ser nada agradável.

     Mas o texto bíblico diz que ele foi o mais ilustre entre seus irmãos. E tudo por causa de sua oração que foi transcrita para nós. Ele pediu a Deus: “Que o Senhor me abençoe muitíssimo, e amplie os meus termos; que a tua mão seja sobre mim e que o mal seja afastado da minha vida.” Essa era a sua oração. E penso que ele não a fez apenas uma vez, e sim diariamente.

     Nada tendes, porque não pedis; pedis e não recebeis, porque pedis mal, para esbanjardes em vossos prazeres… (Tg 4.2,3.) Entretanto Deus se agrada de nos responder.

     Esse modelo de oração está na Bíblia como uma inspiração para nós. Devemos buscar as bênçãos que o Senhor já tem reservado para nossa vida. Que as nossas fronteiras sejam ampliadas, isto é, que possamos ir além nas conquistas da vida cristã. Que a sua mão de poder e confirmação estejam sobre nós, usando-nos e operando maravilhas através de nós. E que o mal seja afastado para longe de nós, ou seja, que o Senhor nos livre da tentação.
     
Experimente orar assim e você verá os resultados.

12 novembro 2011

Consagrado ao Senhor

     Na sua juventude, na era dos “hippies”, Wesley e a esposa eram cantores da noite. Compunham canções, viviam como os “hippies”, fazendo bijuterias peculiares, e eram viciados em álcool e drogas. Certo dia, a companheira lhe disse: “Você sabia que Jesus vai voltar? Eu ganhei uma Bíblia e me falaram que aqui está escrito isto.”

     E começaram a ler o livro de Apocalipse. Após lerem várias vezes, sem conseguirem compreender o texto sagrado, um amigo, também “hippie”, lhes falou de um pastor que poderia explicar-lhes o que liam. E os dois foram àquela igreja. Não deu outra: Converteram-se ao Senhor e começaram a compor lindas canções para Jesus.

     Certo dia, quando davam o testemunho numa Igreja Presbiteriana no Rio de Janeiro, um irmão já velhinho se levantou do seu lugar, pediu o microfone e relatou algo lindo. Após pedir-lhe que confirmasse o nome de sua mãe e se ele tinha uma irmã enfermeira, ele começou a contar: “Eu sou médico e atendi à sua mãe em seu parto, no seu nascimento. Sua irmã era minha enfermeira e disse-me que eu teria a honra de escolher o nome do bebê. Fui ao meu consultório para orar, pedindo a direção do Senhor, e sobre a minha mesa estava um livro sobre a vida de Wesley. O Senhor me disse que esse seria o seu nome. Então, voltei à sala de parto, tomei-o nos braços e consagrei a sua vida ao Senhor em oração. Você foi ali dedicado ao nosso Deus, apesar de sua família não conhecer o evangelho. E como me alegro em poder conhecê-lo e ver o poder da consagração de uma criança ao Senhor!” Foram momentos de choro e regozijo diante do Pai.

20 setembro 2011

O machado sem corte

     Até no momento da cruz, Satanás segurou um machado cruel sobre a cabeça dos homens. Todos temiam o machado da morte. O seu vislumbre sinistro humilhava a todos que o encaravam. Desde o maior até ao menor, todos evitavam o machado. O mistério de Satanás, a lâmina abrupta que privou o homem de viver e o aprisionou no desconhecido.

     Por centenas de anos, os homens satisfizeram o machado, evitaram o machado, ignoraram o machado. Mas a sua lâmina afiada fez todo tipo de vítimas, implacavelmente, levando cada um para a tábua de cortar, estendendo sobre a raça humana uma execução da qual ninguém poderia escapar. 

     Até a cruz. Foi na cruz que o poder do machado foi dissolvido e a sua verdadeira fraqueza foi exposta. Com toda a força que Satanás poderia reunir e com toda a crueldade que poderia usar, ele trouxe o machado sobre o pescoço do filho de Deus. O sopro selvagem cercou toda a floresta da morte e ecoou por todo o universo. 

     "Eu fiz isso!", disse Satanás. Sua figura rija se contorceu com as gargalhadas. "Eu destruí a vida". O grito triunfante ecoou nas câmaras do inferno. E por um curto e temeroso momento, toda a humanidade ofegou. 

     Mas a Figura Divina não era pra ficar presa. O seu corpo se levantou da morte, a sua cabeça continua intacta, a sua vida resistindo. Jesus fez com que o machado ficasse cego. Jesus zombou da ameaça do carrasco. Voltando para Satanás, ele propôs a pergunta que cobriu o caminho para a imortalidade. "Onde está, oh morte, a tua vitória? onde está, oh morte, o teu aguilhão?" 

Max Lucado


19 julho 2011

A Maratona

"Fiz o melhor que pude na corrida, cheguei até o fim, conservei a fé." 
2 Timóteo 4:7

     Todo ano acontece a Maratona Internacional na cidade de São Paulo. O evento é composto por Maratona 42 km; Corrida 25 km; Corrida 10 km e Caminhada 3 km. Milhares de pessoas participam e há espaço para todos, até para aqueles que gostam de ficar às margens, torcendo, suspirando, encorajando, oferecendo garrafinhas de água, etc. 

     Alguns cruzam a linha de chegada, mas a maioria desiste pelo caminho. Outros caem e atrapalham os que vêm atrás. Alguns começam na dianteira e, na reta final, são ultrapassados por aqueles que iniciaram lentamente... Muitos levam seus amigos e familiares para torcer e dar uma forcinha nos momentos difíceis... Ou seja, dá para sentir que não é fácil uma corrida, mas há todo tipo de emoções, o que torna o evento muito atrativo. Eu ainda não participei, mas tenho muita vontade... Por enquanto, estou treinando...

     Paulo compara a vida cristã a uma corrida, e o motivo é bem claro: A vida cristã não é fácil. Às vezes há momentos em que o participante está tão cansado que pensa em desistir. Às vezes há momentos em que ele precisa apenas de um encorajamento. Às vezes, há momento de certeza de que não há mais força para correr nem mais cem metros. Nesse momento, é importante a presença de alguém ao lado, mesmo que esteja na plateia, para dar-lhe o encorajamento necessário.

     O problema é que muitas vezes tentamos fazer a corrida sozinhos. Talvez isso aconteça por causa da vergonha que temos de parecer fracos e de ter que pedir ajuda. Seja qual for o motivo, manter as pessoas longe de nós e tentar levar tudo ‘no braço’, com a nossa própria força, não funciona.

     O ponto fundamental da fé cristã é entender que não podemos vencer a carreira por nós mesmos. Só podemos alcançar a salvação pela graça de Cristo. E só podemos viver a vida cristã ajudando uns aos outros. Portanto, não tenha medo de pedir ajuda; o homem é um ser gregário e não foi feito para estar sozinho. Você precisa de ajuda? Existe alguma coisa que está lhe enfraquecendo na fé cristã? Procure ajudar alguém que está próximo a você! Não vire as costas para eles e nem se sinta desconfortável em pedir ajuda. Lembre-se de que você precisa chegar ao fim dessa corrida! E com a fé intacta!

Texto encontrado na rede.

12 julho 2011

Ao olhar pra Cristo tudo se Restaura

"E, como Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do homem seja levantado; Para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna." João 3:14-15

     No livro de Números (capítulo 21:4-9) nós podemos ver relatado um momento em que o povo de Israel caminhava para rodear a Terra de Edom; porém diante da fome e sede, e por dias caminhando no deserto o povo começou a murmurar contra Deus e contra Moisés, desejando por voltar para o Egito e não caminhar mais em direção ao seu objetivo. Então o Senhor vendo incredulidade e rebeldia do povo, enviou serpentes venenosas para picá-los, e ao serem picados muitos morriam.

     Os israelitas arrependidos do que haviam proferido, pediram a Moisés que orasse ao Senhor suplicando que Ele tirasse as serpentes do meio deles, e assim fez Moisés, ao que o Senhor respondeu: "Faça uma serpente e coloque-a no alto de um poste; quem for mordido e olhar para ela viverá". E assim sucedeu, ele fez o que o Senhor ordenara e quando alguém era picado olhava para a serpente de bronze e se tornava são novamente.

     Atualmente não é diferente, num mundo cheio de pecados, as setas do inimigo a cada instante tentam nos ferir e nos atingir, e diante do desespero muitas vezes preferimos murmurar, ao invés de pedir forças ao Senhor pra resistirmos, e por estarmos fracos essas setas realmente agem de forma eficaz em nossas vidas fazendo assim com que caiamos, e cheguemos a fraquejar, mas assim como o Senhor se compadeceu do povo que caminhava no deserto, Ele se compadece de nós, e preferiu nos amar e não deixar com que morramos, por isso que, demonstrando Seu magnífico amor, Ele enviou seu Filho Amado para morrer por nós, e assim toda vez que olharmos para Ele sermos sarados, nos tornarmos salvos e limpos de toda ferida.

E você o que espera pra poder olhar para Cristo e ser sarado? 

CUSTÓDIO, F.